" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

25
Ago 05

Minhas asas não deram conta

do vôo tão ansiado.

Quando quis cruzar o mar

 já havia me afogado.


Minhas pernas, embora longas,

não fizeram a travessia,

dobraram-se, e não me levaram

pra onde minha alma queria.


Minhas mãos, que eu sabia

capazes de tantos afagos,

ficaram, súbito, cheias

de abraços nunca dados.


Meus lábios já ressecaram,

minha boca está trancada,

as palavras que eu não disse,

ficam comigo guardadas.


Meus olhos não vêem o rumo,

do cais que eu vi, e não acho.

As asas não deram conta,

as pernas não aguentaram,

as mãos não abraçaram,

e beijo ficou na boca.

publicado por Adelina Braglia às 00:38

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Agosto 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

14
18

21
26
27

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO