" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

20
Out 05

Baiao


O sol que nos protege. Nome de um belo filme. Pano de fundo da vida real de homens e mulheres neste Brasil tão alagado e tão árido. O sol não tem culpa. Nós temos

Uma cidade qualquer, como disse Drummond. Uma vida qualquer, um cansaço qualquer. Um sentar, alheio ao caminho que ainda falta fazer ou atento ao cansaço de ter que percorrê-lo. Um instantâneo que captura a alma. E o sol, ao fundo.

PS. Mercúrio interfere na comunicação entre as pessoas, diz minha amiga Márcia. Mas, para os que falam português, isso é superável.

publicado por Adelina Braglia às 07:37

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Outubro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
14
15

16
18
19
21
22

23
24
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO