" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

25
Nov 05

Se o avesso do espelho

me desse a marcha-a-ré do tempo

e lá eu voltasse nele,

mesmo que fosse a nado,

contaria mais estrelas no curso do planetário,

não teria eu vindo tão longe

pra ficar sem abraçar os amigos.

Mudaria minha quase alegria

de trabalhar no que faço

e teria cantado em boates!

Seria uma quase-Maysa,

- sem aqueles olhos lindos -

mas fumaria e beberia

minha tristeza infinda

e minha alegria contida.

Se o avesso do espelho

me desse o retrocesso do tempo,

eu seria nadadora!

Seria esse meu esporte

ao invés de ler poemas!

Naufragaria então

nessas praias com pedrais,

que a gente vê no cinema.

Se o espelho me desse

o retrocesso do tempo

seria mais eu menos ela,

essa personagem que tenho

colada na minha pele.

publicado por Adelina Braglia às 17:05

Novembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
17

20
21
22
26



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO