" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

04
Jan 06

joelho.JPG

Não. A foto não é involuntária. Ao dar de cara com meu joelho, como se o visse pela primeira vez, fotografei-o.

Guardei na memória destes meus 56 anos tantas imagens, sons, cheiros, palavras e nem sequer me apercebi do meu joelho!

Olhei-o como um pedaço novo do meu velho corpo. Pensei que há tanto para me aperceber! É claro que além dos cotovelos, nariz e boca. Há os sentimentos. Aqueles desenvolvidos a partir de sons, cheiros, palavras, gestos.

Comprometo-me comigo a estar mais atenta em 2006. Nada, nada, já é um bom começo.

publicado por Adelina Braglia às 08:18

Venha daí o cotovelo!... ;)
sotavento a 6 de Janeiro de 2006 às 18:12

Começo a me empolgar! Em breve, cotovelos!!!! Beijos. Pras duas.
Bia a 5 de Janeiro de 2006 às 15:01

Além de continuar com belas fotografias vc tem um joelho lindo, tenho que concordar com samartaime.
balada a 5 de Janeiro de 2006 às 14:51

rsrsrsrsrs só vc mesmo, para descobrir agora seu joelho! Mas olha que tem um joelho bonito!

Quando chegar a casa, não esqueça enviar os links!
Samartaime a 4 de Janeiro de 2006 às 18:42

Janeiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11

17
19
21

24

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO