" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

23
Fev 06

Um dia de outono em pleno verão.

Manhã clara, com muito vento.

Não chega a esfriar. Não se faz necessário um agasalho para sair à rua.

O tempo ainda está quente.

Devo ter sonhado alguma coisa que me remeteu ao tempo da escola secundária.

Lembrei de amigos, alguns dos quais jamais tive notícias.

Lembrei dos que ainda conservo perto dos olhos e do coração.

Chamaria isso de nostalgia,

se eu soubesse precisamente o sentido dessa palavra sonora.

Mas, o sufixo - algia - lembra "dor". E então não quero usá-la,

porque não é dor o que sinto.

Sinto uma saudade doce, com gosto de chocolate quente das manhãs de inverno.

Essa falsa manhã de outono é somente um trailler.

As manhãs de inverno chegarão depois.

publicado por Adelina Braglia às 08:38

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Fevereiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
16
17
18

20
22
24

26


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO