" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

03
Jan 11

 

 

 

Morder o fruto amargo e não cuspir
mas avisar aos outros quanto é amargo,


cumprir o trato injusto e não falhar
mas avisar aos outros quanto é injusto,


sofrer o esquema falso e não ceder
mas avisar aos outros quanto é falso;


dizer também que são coisas mutáveis...


E quando em muitos a noção pulsar
— do amargo e injusto e falso por mudar —
então confiar à gente exausta o plano
de um mundo novo e muito mais humano.

 

 

Tarefa - Geir Campos.

publicado por Adelina Braglia às 06:06

É isso, mana minha, a exaustão muitas vezes nos leva a parar e ver que para seguir tem que existir as penas no chapéu. Assim foi com Peter Pan e seus pensamentos felizes para voar. Voemos com as nossas penas mesmo esparramadas...te amo
Rita a 17 de Janeiro de 2011 às 00:20

Oi?
Adorei seu lembrete. E tanto que vou reproduzi-lo no quaradouro.
Beijão
Ademir Braz a 18 de Janeiro de 2011 às 13:33

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO