" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

24
Mar 10

24 de março de 2010

FUTEBOL NACIONAL

Vagner Love vai evitar favela

Para fugir de novas confusões, o atacante Vagner Love deve participar cada vez menos das festas da Favela da Rocinha, na zona sul do Rio. O jogador do Flamengo, que aparece em um vídeo gravado na comunidade sendo escoltado por traficantes armados com fuzis, disse ontem à polícia que não tem qualquer relação com os criminosos e que vai evitar participar dos bailes no local.

Love foi convidado pelos investigadores da 15ª Delegacia de Polícia a prestar esclarecimentos como testemunha de um inquérito que apura os crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de armas na comunidade.

O atacante também negou que tenha recebido proteção de traficantes, mas admitiu que a presença dele ao lado de bandidos armados “não é uma coisa positiva. Estou arrependido”.

Vagner Love está confirmado na partida do Flamengo contra o Tigre, às 19h30 de hoje, no Engenhão, pelo Campeonato Carioca.

 

 

 

Alvo de pressões espúrias, da imprensa e dos lídimos representantes da “sociedade” o jogador do Flamengo, Vagner Love, acabou declarando que deixará de freqüentar e de conviver com sua família e com seus amigos.

 

Vagner assume assim uma culpa que jamais teve. A culpa de ser brasileiro, negro, pobre, morador da favela, que ascendeu “socialmente” e agora deve incorporar o cinismo e a hipocrisia reinantes nesse país e renunciar à convivência com os seus. Como Vagner não nasceu em Ipanema ou nos Jardins, em São Paulo, onde poderia privar da saudável convivência com filhos de juízes e de políticos, além de decidir, sob pressão, a evitar a convivência com a sua gente, o jogador também está convocado a prestar esclarecimentos à polícia, após ser filmado em um baile funk na Rocinha “escoltado” por traficantes da favela.

 

Não resisto à pergunta: quantos mais serão convocados a prestar esclarecimentos à polícia - ainda que não tenham sido filmados - por suas ligações públicas e notórias com traficantes, corruptos e responsáveis pelo desvio de dinheiro público?

 

Ou isso não é um péssimo exemplo para a juventude?

publicado por Adelina Braglia às 12:50

Não me interesso pelo universo do futebol, Bia. Mas tomei conhecimento do caso, interessando-me por essa leitura sobre setores de uma sociedade etnocêntrica, que repudiariam a ascensão econômica de um favelado, por meio de trabalho honesto. Também lamentei que o jogador tenha capitulado. Achei mais relevante as primeiras manifestações que fez, valorizando suas origens e destacando não ter culpa sobre os amigos de infância que viraram criminosos.
O Estado policial funciona. E o Direito Penal do inimigo também.
Yúdice Andrade a 24 de Março de 2010 às 17:06

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
25
26
27

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO