" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

25
Fev 10

 

Não é mais tempo de gentilezas, demonstram as pessoas e as coisas ao meu redor.
 
Os velhos agressivos, as crianças mais maldosas do que a falta do polimento social lhes permite.
 
Os jovens sem a menor noção de que o passado os acompanha e pensando um futuro esquecendo-se de ele é construído aqui,  como se fosse o último dia e não só o primeiro do resto de suas vidas.
 
Cada vez mais me decido pela reclusão, após a aposentadoria, que custa mas chegará agora. Quero distanciar-me disto. Quero tentar ignorar os maus tratos que se tornaram legítimos, as mentiras que se tornam verdades, irrigadas pela ignorância e pela desinformação.
 
Como na velha canção, eu quero uma casa no campo. Por mérito. Só não quero carneiros e cabras pastando no meu jardim e já tenho a neta. ...rsrsrs...

 

 

 

 

publicado por Adelina Braglia às 08:12

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

15
17
18
19
20

21
22
26
27

28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO