" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

24
Jan 10

 

 

O calendário de janeiro, aí à direita, quando inseri o post anterior, chamou minha atenção, por ser  uma prova inconteste de que tenho guardado o que eu não sei mais se quero dizer.
 
Sempre fui uma usuária da palavra: escrita, falada e cantada, quando eu gostava tanto de cantar. Sou uma pessoa barulhenta, ainda que aparentemente contida.
 
O silêncio hoje parece fazer mais sentido. Entendo também o mutismo e o silêncio dos meus velhos. Parece que percebemos com a idade que precisamos de muita energia para sermos ouvidos. E aí se cria uma hierarquia instintiva: pelo que mesmo vou fazer barulho?
 
Neste espaço o silêncio ficou palpável, visível, mensurável.
 
O som do silêncio...
 
 
 
publicado por Adelina Braglia às 10:21

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

26
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO