" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

30
Abr 08

 

 

 

Aprendi desde criança
Que é melhor me calar
E dançar conforme a dança
Do que jamais ousar
 
Mas às vezes pressinto
Que não me enquadro na lei:
Minto sobre o que sinto
E esqueço tudo o que sei.
 
Só comigo ouso lutar,
Sem me poder vencer:
Tento afogar no mar
O fogo em que quero arder.
 
De dia caio minh'alma
Só à noite caio em mim
por isso me falta calma
e vivo inquieto assim.
 
(Canção da alma caiada – Antonio Cícero)
 

 

 

publicado por Adelina Braglia às 08:50

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

15
16
17
19

20
21
22
23
24
26

28
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO