" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

13
Set 08

 

 

publicado por Adelina Braglia às 09:06

12
Set 08

Uma versão  escrachada, que eu não conhecia.

 

Tira a melancolia da belíssima versão de Maria Bethânia e faz desta Gota d´água uma música raivosa.

 

Nunca havia pensado nisto.

 

Curtam.

 

 

publicado por Adelina Braglia às 21:09

 

Não achei a música. É  pena.

 

Ao avaliar a participação do meu candidato a Prefeito de Belém -  Arnaldo Jordy - no debate ontem à noite, entre candidatos que encaram a manutenção do que está aí  sem nenhum avanço (Duciomar e Valéria) ou uma guinada para pior (Priante), só essa canção me veio à memória.

 

E deu muita vontade  de  pedir a autorização da dama do samba, Beth Carvalho, e encher Belém desse som, estimulando o povo a cantar(*) e a agir, dando a virada no dia 5 de outubro:

 

 

" O que adianta eu trabalhar demais,
se o que eu ganho é pouco,
se cada dia eu vou mais pra trás,
nessa vida levando soco,
e quem tem muito tá querendo mais,
e quem não tem tá no sufoco,
vamos lá rapaziada,
tá na hora da virada 
vamos dar o troco.
Vamos botar lenha nesse fogo,
vamos virar esse jogo 
que é jogo de carta marcada
o nosso time não está no degredo
vamos à luta sem medo 
que é hora do tudo ou nada."

 

(*) "Afinal, campanha tem que ser uma coisa alegre. Ana Diniz."
 

 

publicado por Adelina Braglia às 16:33

 

" Administração de Lula é ‘ótima’ ou ‘boa’ para 64% dos brasileiros.
Pela 1ª vez, ele tem mais de 50% entre ricos e escolarizados.
(...)
De acordo com o Datafolha, o trabalho mostra que a popularidade de Lula ultrapassa barreiras, e, agora, entra em segmentos em que o presidente não tinha índice de aprovação igual ou superior a 50%.

O Datafolha diz também que Lula tem o apoio da maioria no Sudeste (57%), nas regiões metropolitanas, entre os que têm curso superior e entre os que vivem em famílias com renda familiar mensal superior a 10 salários mínimos. "
 
Continue a ler essa avaliação aqui.
Mas, por favor, leia uma avaliação ainda melhor, aqui.
 
publicado por Adelina Braglia às 09:43

09
Set 08
Hoje acordei com a rádio da cabeça tocando...poema. Pois é. Um trecho bailava na memória, assim..." Compreendo sem esforço que o homem fica pensando como querendo chorar..."

  

Fui atrás do poema e lá estava ele, postado aqui, no dia 2 de outubro de 2006, num post chamado Homenagem aos eleitores. Com certeza foi esse o motivo do poema cantar ao amanhecer. O título e o contexto: lá vamos nós para outra eleição.

 

Mudei o título. Repito o poema.
 

 

 

Considerando a frio, imparcialmente,
que o homem é triste, tosse e, sem embargo,
se alegra em seu peito colorido;
que a única coisa que faz é compor-se
de dias;
que é lôbrego mamífero e se penteia...

Considerando
que o homem procede suavemente do trabalho
e ressoa chefe e soa subordinado;
que o diagrama do tempo
é constante diorama em suas medalhas
e, semi-abertos, seus olhos estudaram,
desde distantes tempos,
sua fórmula famélica de massa...

Compreendo sem esforço
que o homem fica, às vezes, pensando,
como querendo chorar,
e, sujeito a estender-se como objeto,
se torna bom carpinteiro, sua, mata
e depois canta, almoça, se abotoa...

Examinando, enfim,
suas contraditórias peças, sua latrina,
seu desespero, ao terminar o dia atroz, apagando-o...

Considerando também
que o homem é na verdade um animal
e, não obstante, ao voltear, me dá com sua tristeza na cabeça...

Compreendendo
que ele sabe que o quero,
que o odeio com afeto e me é, em suma, indiferente...

Considerando seus documentos gerais
e examinando com lentes aquele certificado
que prova que nasceu muito pequenino...

faço-lhe um sinal,
vem,
e lhe dou um abraço, emocionado.
Tanto faz! Emocionado... Emocionado...


 

(Considerando a frio, imparcialmente...

César Vallejo, tradução de Ferreira Gullar)

 

 

publicado por Adelina Braglia às 07:12

08
Set 08

 

 

 

Brasil, Argentina: seria o assunto a situação do Corinthians e do Boca Junior?

Valei-me, Santo Ambrósio!

publicado por Adelina Braglia às 23:28

07
Set 08

 

O gráfico é do Estadão.

 

Mostra a prevalência da cultura da cana-de-açúcar no estado de São Paulo: 70% da" lavoura" paulista, é cana.

 

Receitas de pão-de~cana, risoto de cana, biscoitos de cana, pastéis de cana, macarrão de cana, serão bem vindas.

 

PS: Santo Ambrósio, tirando a cachaça, o senhor gosta tanto assim de cana?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Adelina Braglia às 17:45

06
Set 08

publicado por Adelina Braglia às 18:22

 

 

 

Roubado do Espaço Aberto (link aí ao lado).

Foto: Emir Bemerguy Filho.

publicado por Adelina Braglia às 08:22

03
Set 08

  

1) Envie e-mail AQUI para a Presidência da República e para a presidência da Funai pedindo providências imediatas para deter o avanço das madeireiras peruanas sobre o Território Nacional brasileiro e a exploração ilegal de madeira nas áreas protegidas e terras indígenas do Brasil.

  

2) Envie e-mail AQUI para a SmartWood/Rainforest Alliance (que certificou, com o padrão FSC, a empresa Forestal Venao, madeireira peruana principal responsável pelos desmatamentos ilegais na fronteira Brasil-Peru) solicitando a urgente revisão da Certificação.

 

(Índio, mato, água e ar, aí ao lado)

 

 

(*) a inutilidade não é nossa: é das instituições. 

 

 

publicado por Adelina Braglia às 21:03

Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11

14
17
18
20

21
22
23
24
25
26

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO