" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

10
Nov 06

 

Foto: "Círio"  - Rosa Almeida

 
Nada é como parece. E Pirandello já avisava... “assim é se lhe parece... "... "para cada um a sua verdade...” 
 
Pareço-me comigo. Mas, em meio a muitas controvérsias!
 
Pirandello, Ionesco e Aristóteles – ou o pouco que me lembro do que deixaram – ajudam a compreender alguns desvios entre meu discurso, que embora coerente com a prática, distancia-se do meu sentimento.
 
A cordialidade aprendida, este saber e conseguir ouvir, a “instintiva” comiseração pelo sofrimento do outro, convivem mal com a raiva contida, a controlada vontade de vomitar todos os sapos e a resistência atávica para aceitar meus limites!
 
Assim é, pois me parece.

 

publicado por Adelina Braglia às 10:41

08
Nov 06

 

Conheci Coração materno, cantarolada pela madrinha, que acompanhava os trinados de Vicente Celestino e emocionava-se muito com a história da mãe que ama o filho acima de todas as coisas. Quando Caetano gravou-a no Tropicália, ela já era minha velha conhecida.
Quando Sueli Costa lançou Coração ateu, em mil novecentos e alguma coisa, eu me encantei muito mais com o título do que com a letra. E achei que um coração ateu era muito interessante e mais poético do que um coração materno espatifando-se no chão, arrancado do peito da mãe por um filho desvairado de amor.
Depois Caetano veio com o Coração vagabundo e aí, a letra, muito mais do que o título, ficou vagando na minha memória. Mas eu ainda gostava de pensar num coração ateu.
Não sei porque lembrar essas coisas. Talvez porque me caiba melhor um coração ateu, do que um coração vagabundo.
publicado por Adelina Braglia às 21:28

06
Nov 06

 

 

...o sol do rio Genipaúba, Abaetetuba, Pará, Brasil....

 

 ... e a sede da Bia....

donde se conclui que há muita beleza pra curtir...

 

publicado por Adelina Braglia às 10:44

05
Nov 06

 

As avaliações da ressaca eleitoral entediam. Às vezes, irritam. Noutras, entristecem. Há momentos em que me envolvo na discussão, para logo em seguida lembrar a máxima das derrotas e vitórias: faltou voto pra quem perdeu.
Não, não me refiro à eleição de Lula, que nesta eu nem sequer me envolvi. Menos ainda na derrota de Alckmin. Eu dizia que o país escolheria entre o Messias e o Gerente e os brasileiros decidiram-se pelo Messias. Sem meu voto a favor ou contra. É direito do cidadão não votar. E pagar as multas necessárias.
A derrota local foi a que deixou ressaca, embora fosse a morte anunciada, por fatores vários que nem  interessam mais.
Penso que o Brasil poderia curar-se da sua firula de falsas alternâncias entre “social-democia” e “ esquerda” , pois não existe neste país uma coisa ou outra.
Penso também que um partido que agregasse Pedro Simon, Eduardo Campos, Roberto Freire, Aécio Neves, José Serra, Fernando Gabeira, Eduardo Suplicy, João Capiberibe – não lembro um nome do PTB! -  e, obviamente, o Messias, poderia ser um embrião de um sólido partido social democrata.
O PFL agregaria sua turma conservadora e alguns pulhas peemedebistas, especialmente Sarney, Garotinho, Quércia e Barbalho.
O PSOL, o PCdoB, a Kombi do PCB, juntos, poderiam representar uma frágil estrutura de partido  esquerdista, tendendo a ser, num futuro remoto, um partido de esquerda.
O PSDB de Arthur Virgílio e Fernando Henrique e os camarilhistas do PT, que se lixassem por aí.
Os pequenos e vendidos partidos que se acabassem.
É. É uma bela ressaca, esta.
 
publicado por Adelina Braglia às 13:19

 

Da vez primeira em que me assassinaram, perdi um jeito de sorrir que eu tinha…
Depois, a cada vez que me mataram, foram levando qualquer coisa minha…

(Mário Quintana)

 

 

publicado por Adelina Braglia às 00:04

02
Nov 06

 

"O presidente interino do PT, Marco Aurélio Garcia, pediu anteontem a jornalistas, em entrevista no comitê central da campanha do presidente Lula, em Brasília, que não interfiram no futuro do partido.
"Cuidem de suas redações que nós cuidamos do PT", declarou, já no final da entrevista, quando a imprensa ainda fazia perguntas a respeito da reorganização da legenda, prometida por uma resolução da Executiva Nacional."

  __________________

 

"Descontente com os resultados do primeiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Movimento dos Sem-Terra (MST) prepara-se para intensificar suas lutas no ano que vem. Também começa a analisar com outras organizações a possibilidade de uma greve geral contra a política econômica, que poderia acontecer em maio. “Temos perspectivas de lutas bastante intensas em abril e maio em nosso País”, diz Gilmar Mauro, da coordenação nacional da organização."

 ___________________

 “O plenário da Câmara dos Deputados vota, na semana de 20 a 24 deste mês, a indicação do senador Luiz Otávio (PMDB-PA) para o Tribunal de Contas da União (TCU). 

Luiz Otávio esteve envolvido, conforme investigações da Polícia Federal, no esquema de desvio de R$ 13 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em 1992. 

O plenário da Câmara pode aprovar ou rejeitar a indicação. Pesará a favor de Luiz Otávio a ajuda que ele deu à candidatura vitoriosa de Ana Júlia Carepa (PT-PA) ao governo do Pará. A conferir.”

___________________

 

(http://noblat.estadao.com.br/noblat/index.html#post27902)

 

publicado por Adelina Braglia às 09:25

01
Nov 06

 

Ahora que empecé el día
volviendo a tu mirada,
y me encontraste bien
y te encontré más linda.

Ahora que por fin
está bastante claro
dónde estás y dónde estoy.

Sé por primera vez
que tendré fuerzas 
para construir contigo
una amistad tan piola,
que del vecino
territorio del amor,
ese desesperado,
empezarán a mirarnos
con envidia,
y acabarán organizando
excursiones
para venir a preguntarnos
cómo hicimos.

(Lovers go home! Mario Benedetti)

publicado por Adelina Braglia às 17:26

Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

15

21



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO