" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

02
Jul 06

trescorestresdedos.jpg


Sem que eu percebesse as pontas dos meus dedos

apareceram na foto das tábuas coloridas do piso do barco.

Não vi que os clicava quando bati a foto.

Só agora, "limpando" as imagens é que os encontrei.

Três cores, três dedos.

As cores foram escolhidas para estarem ali.

Os dedos, são intrusos, no piso e na foto.

Fotógrafa amadora e desatenta que sou,

olho agora meus dedos na tela,

e penso que eles já caminharam tantas estradas,

já me levaram por rios e igarapés,

por festas de boi,

danças de tambor,

cinemas e shoppings,

terreiros de forró.

Já me levaram ao riso,

à dor,

ao ruído insuportável

e aos silêncios,

Comanda-os a sua cabeça, diria alguém!

Não sei.

Olhando-os de novo,

penso que com o tempo já decidem sozinhos!

Tanto que aí estão, à revelia!

Devem cansar-se, às vezes, meus dedos,

de tantas idas e vindas

pra chegar a lugar algum.

Mas, solidários que são,

permanecem aqui,

me olhando do chão, silenciosos,

esperando que eu os carregue para dormir.

 

publicado por Adelina Braglia às 23:33

Julho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
15

16
17
18
21
22

23
25
27



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO