" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

05
Jan 08
Numa noite onde o sono me abandonou antes das duas horas da madrugada, ocupei meu tempo com as inutilidades que fazem com que eu me sinta pertencendo a um tempo do qual cada vez mais me canso. Limpei novamente o arquivo de fotos: quantas fotos inúteis que, com o passar dos meses, não dizem absolutamente nada à alma ou à razão!
 
Depois, li os noticiários, ainda não renovados desde a noite de ontem. Fui passear nos blogs. Dei preferência aos blogs dos amigos e das companheiras de viagem.
 
No blog da Samartaime tropecei num link nos comentários. Fui parar aqui e a chamada sobre a desnecessidade a que nos habituamos e à qual acabamos servindo, quando consumimos mais do que precisamos e das formas mais suicidas possíveis, lembrou a campanha que o Instituto Akatu faz há tempos sobre o consumo consciente e que eu jamais segui.
 
Pela coincidência das missões quixotescas – convencer os imbecis que o caminho não é por aqui – fui aos Repórteres sem fronteiras,  li a nota no Koinonia sobre a pressão sobre os movimentos sociais, reli três poemas de Adélia Prado, entre eles o que eu acho que é meu preferido, Grande desejo
 
 “... quando escrever um livro com o meu nome,
e o nome que eu vou por nele
vou com ele a uma igreja, a uma lápide,
a um descampado,
para chorar, chorar e chorar,
requintada e esquisita como uma dama.”
 
 
E depois verifico que a RITLA nos informa que entre as nossas profundas desigualdades, acumulamos agora, modernamente, a desigualdade digital!
 
Escrevo  às 6 da manhã este sumário do meu itinerário na madrugada, talvez para tentar encontrar um elo entre isso e o meu itinerário na vida: a persistência no supérfluo, a ilusão do saber, a agonia da minha inutilidade, o desafogar desta ansiedade na poesia que escreveram para que eu pudesse usar quando necessária.
 
Só uma coisa me deu a certeza de que a minha sanidade ainda não está comprometida: fiz tudo isso ouvindo baixinho as músicas que me fazem bem.
 
 
 
publicado por Adelina Braglia às 06:52

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10

13
14
16

20
21
22
26

27
28
29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO