" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

13
Set 07

 

 

 

 

 

 

Uma gripe, quem sabe se providencial, e cá estou em casa de novo, parecendo aquela propaganda...”dia sim, dia não, estou no seu portão”.
 
Tento trabalhar, pois o que é mais urgente na minha tarefa desta semana pode ser feito daqui desta telinha, mas estou num processo de dispersão incontrolável e antes de terminar o parágrafo do trabalho, me pego passeando e  dando um “piteco” aqui e acolá no blog dos amigos.
 
Aproveitei a disfarçada vadiagem e conheci e ouvi o disco solo da Tereza Salgueiro, do Madredeus,  cantando só músicas brasileiras, isto graças ao bom gosto da Lorena que me permitiu piratear seu CD. A voz desta moça é inspirada por deus, como diria minha madrinha. Canta com a suavidade dos curiós e com a força das águias. Bela combinação.
 
Mas o ponto alto do dia foram as mangas da Cris, moça atilada e sensível, que leu por aqui o quanto as mangas me atraem e o quanto elas me levam de volta pro carinho da infância e as colocou lindas, arrumadas à minha disposição.
 
Obrigada Cris. Fui busca-las lá no seu Blog e plantei-as aqui, perfumando este resto de tarde em que, estranhamente, me sinto bem. Muito bem. E acho que as suas mangas contribuíram muito para este bem estar.
 
Um beijo.
publicado por Adelina Braglia às 15:31

Ai que lindo Bia...estou assim também, com essa gripe, mas fiquei ontem em casa. Agora estou na Cultura. Aproveite e faça um blog novo, em 10 minutos, e coloque essas músicas lindas. Adoro Tereza Salgado(que dele não tem nada).
Fique boa logo. Eu também...rsrs(sempre gaiata)!

Beijos.
Obrigada.
Cris a 13 de Setembro de 2007 às 21:00

Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
14

19
21

23
25
27
28

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO