" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

26
Mar 07

 

No meu país
a (in) competência doentia
mutila-nos o sorriso
e nós teimosamente arranjamos muletas e sorrimos
deitados à sombra da esperança
esculpida pela nossa paciência.
Coragem, gente, pois galopa célere o instante
em que sorriremos sem muletas!

 

(Sorrisos mutilados – Carlos Zimba )

 

 

Abração, Cris Moreno.

Sair do fosso e caminhar sem muletas, ainda é a meta.

Mesmo que não seja célere,

mesmo com o sorriso mutilado.

publicado por Adelina Braglia às 02:10

Cris, talvez eu precise mesmo recuperar minha capacidade de me divertir com a vida e suas circunstâncias...rsrsrs...As palavras estão lidas, guardadas e assimiladas. Quanto ao relógio, não consigo me acertar com o SAPO. Por isso, lá embaixo, tem um relógio com a hora "nacional". Abração

Arranca esse SAPO ! JÁ ! (rsrsrs)
Beijos, mulher!
Bom dia para você!
Cris Moreno
Cris Moreno a 27 de Março de 2007 às 14:31

Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14
15

18
19
23
24

27
29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO