" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

20
Dez 06

 

A minha última jornada foi aqui. Comunidade quilombola de São Bernardino, Centro Ouro, Nossa Senhora das Graças e Vila União, município de Moju, Pará, Brasil.

Um título de 5.241 hectares para remanescentes de quilombos.

 

000386k2

 

Um salão comunitário enfeitado para homenagear santos e orixás.

 

 00035yg3

 

E as meninas quilombolas orgulham-se da sua história e raça!

 

00037fra

 Fotos: Sérgio Fernandes

 

 

E eu  chorei no caminho de volta para casa. A alegria de ter contribuído  para que parcela da dívida brasileira com os negros e seus descendentes seja resgatada e a saudade antecipada das lutas que ainda estão por vir.

A  letra desta canção encerra minha travessia:

 
Ponta de pedra, costeira, perau, quebra-mar
mangue, colônia pesqueira, Pontal do Pilar
barro, sapé e aroeira, é a casa de lá
bule de flandres, esteira, moringa e alguidar,
beira de mar
Praia de areia de ouro de alumiar
luz de vagalume, estrela, candeia e luar
A lua cheia se mira nas águas de lá
Lá que a sereia costuma surgir pra cantar
Beira de mar
Cana negro olhar
sangue de África
centro de aldeia, bandeira, nação Zanzibar
da mesma veia guerreira do povo Palmar
Tudo palmeira de beira de mar.

(Outro quilombo - Mario Gil e Paulo César Pinheiro)
 
 
  
Agora, uns dias de férias. Até encontrar outras águas para navegar.
publicado por Adelina Braglia às 14:43

Olá Bia eis que volto de novo à blogosfera, vim visitar quem me visitava.
Na esperança de voltar a comentar no teu blog.
E já agora se não for pedir muito gostaria de saber a tua opinião sobre um presente que gostaria de oferecer a alguêm Especial.
Um abraço
Dante
Dante a 21 de Dezembro de 2006 às 21:23

Dante, já fui ao Blog e já deixei meu comentário. Adorei a idéia dos sapatinhos. Espero que já tenham dono (a). Beijão.
Adelina Braglia a 22 de Dezembro de 2006 às 13:11

Olá Bia, as prendas ainda não tem dono...seria suposto ofeecer a alguêm.......mas coisas da vida Pra não variar terei de ser diferente....
Votos de Boas Festas e um Santo Ano Novo........nahhhhh
Desejos e Desejos de festinhas por todo corpo e um Ano pouco de santo......mas para desejar isso ainda falta...voltarei depois.
Um abraço
Dante
Dante a 24 de Dezembro de 2006 às 01:08

Dezembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

14
16

17
19
21
22
23

24
25
26
27
29
30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO