" Se a esperança se apaga e a Babel começa, que tocha iluminará os caminhos na Terra?" (Garcia Lorca)

30
Nov 06

 

Há saudades mudas, cegas, surdas, sem cheiro e sem cor.
Essas são saudades nascidas de lutos.
Mas...
 
Há saudades coloridas.
Há saudades musicais.
Há saudades que deixam gosto na boca.
Nem que seja na boca do estômago,
de tanto que doem.
 
Toda saudade contem a memória do tato,
e algumas deixam no ar o cheiro das maças.
 
 
 
 
 
(...) Pedra que lasca seu brilho
e queima no lábio
um quilate de mel
e que deixa na boca melante
um gosto de língua no céu.
Luz, talismã,
misterioso Cubanacã
delicia sensual de maça
saborosa manhã...
Vou te eleger
vou me despejar de prazer
essa noite o que mais quero é ser
mil e um pra você (...)
 
(Jade – João Bosco)
 
publicado por Adelina Braglia às 23:33

Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

15

21



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO