Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2005

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930


Pesquisar

 


Vamos nos espreguiçar, abrir os olhinhos e tocar o barco pra margem!

Quarta-feira, 21.09.05

Pelo menos um bom resultado já temos: Severino foi-se. Roberto Jefferson já havia ido. Há uma longa fila de espera composta pela camarilha governista e seus aliados na porta da cassação e nós torcemos pra que a fila deles não seja como a do INSS. Que ela lhes seja leve, breve e ágil!

Na verdade, um tempo de reflexão nos permite enxugar os olhos lacrimejantes, controlar a pressão arterial e enxergar que:


Lula não mudou nada na política econômica, mantendo tudo o que o impede de traçar outros rumos para o país; o que me leva a crer que não há golpe contra si mesmo;

Políticas sociais pífias e mal geridas, rotularam milhões como pobres e miseráveis, parecendo que a pobreza é uma força da natureza, tal qual a chuva, haja vista que a mudança esperada no item acima, não ocorreu, o que lembra o velho xará do Presidente, Luiz Gonzaga, que cantava: “mas doutor uma esmola, para um homem que é são, ou lhe mata de vergonha, ou vicia o cidadão..."

A taxa de juros cresceu cerca de 4 pontos em 1 ano;

A FIESP,  Delfim Neto e os banqueiros, a “esquerda”, a “nova esquerda”, os setores mais conservadores e espúrios do PMDB, liderados por José Sarney e Renan Calheiros, comandam os escaninhos das instituições públicas, isso sem falar no carcomido PTB, nessa farsa chamada PL e, todos juntos, formam a base “aliada” do governo;

Os “adversários” do governo – formalmente agregados no PSDB e no PFL – certamente riem à socapa, pois esse governo contemplou interesses contrários ao do conjunto dos brasileiros, com muito mais eficácia do que os dois governos de FHC, e devorou-se tão rápido que economizou aos adversários estratégias patrióticas pra eleição do ano que vem;

A precariedade dos postos de trabalho, a média salarial rebaixada a níveis de 1985, estão aí, pra quem quiser ver.


Não, não vale a pena alongar a lista. O Governo Lula será, provavelmente, bem cuidado pelos seus aliados e adversários com a morfina que merece, até a triste sucessão que nos couber.


Não, o sonho não acabou. Parece que o que se esgota é um mix de pesadelo e ressaca, do qual já acordei e me curei.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Adelina Braglia às 23:47


Comentários recentes

  • Anónimo

    Meu pai foi um desses homens procuro por uma foto...

  • Adelina Braglia

    Salve, Cris.Mudamos todos, nós, os blogs, o Juca q...

  • cris moreno

    saudades. estava me lendo no travessia e vi como b...

  • Adelina Braglia

    Amém! Beijo.

  • Marga

    Querida, bom lhe ter de volta aos textos que retra...