Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



foto do autor


calendário

Março 2006

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031


Pesquisar

 


A mãe e a gripe.

Segunda-feira, 27.03.06

gripenacidade.jpg


Quando uma gripe me pega, quero o colo da minha mãe. E, reconheço que com isso, sinto é  raiva da falta que sinto do colo que ela nunca deu.

Ah! minha mãe! Sempre ativa, corajosa para enfrentar as adversidades! Cuidava com competência das "objetividades" da vida, considerando sempre que o afago era quebra de autoridade. O carinho era sempre postergado para o dia de São Nunca!

Reconheço que o carater que temos, seus filhos, foi impresso pelo carinho do meu pai e pela postura austera da mãe. Ambos confiavam sempre no tal do próximo, até que este lhes provasse que não merecia tanto crédito. Mas, quando a gripe me pega, quero o colo que ela não dava, o abraço que nunca estava disponível, o riso que nunca tinha vez!

Conclusão: sempre curo as gripes, mas não me curo da secura da minha mãe!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Adelina Braglia às 17:08


Comentários recentes

  • Anónimo

    Meu pai foi um desses homens procuro por uma foto...

  • Adelina Braglia

    Salve, Cris.Mudamos todos, nós, os blogs, o Juca q...

  • cris moreno

    saudades. estava me lendo no travessia e vi como b...

  • Adelina Braglia

    Amém! Beijo.

  • Marga

    Querida, bom lhe ter de volta aos textos que retra...