Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



foto do autor


calendário

Maio 2006

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031


Pesquisar

 


Essa espécie de amor.

Quarta-feira, 10.05.06
O meu amor é verde como as uvas
- aquelas que a raposa desprezou -
mas, o meu amor é verde, mesmo.
Verde no tempo, verde no tom, verde no tipo.
O meu amor não maturou ou amadureceu, pois que não é fruta.
E se fosse, seria daquelas, agridoces, como as grapefruits.
O meu amor amargou,
como o café no qual não se põe açúcar,
nem adoçante rançoso, artificial.
O meu amor não se plantou:
suas raízes aéreas não se prendem na água, nem no chão.
Ele sobrevoa, sobrevoa, sobrevoa,
sobre as nossas cabeças até me deixar
zonza, zonza, zonza,
de tanto tentar acompanhá-lo com o olhar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Adelina Braglia às 21:59


Comentários recentes

  • Anónimo

    Meu pai foi um desses homens procuro por uma foto...

  • Adelina Braglia

    Salve, Cris.Mudamos todos, nós, os blogs, o Juca q...

  • cris moreno

    saudades. estava me lendo no travessia e vi como b...

  • Adelina Braglia

    Amém! Beijo.

  • Marga

    Querida, bom lhe ter de volta aos textos que retra...