Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2009

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930


Pesquisar

 


Páscoa.

Domingo, 12.04.09

 

Apesar de ateu confesso meu pai comemorava a Páscoa como poucos cristãos.

 
O almoço era previamente organizado. Comida boa, farta e bonita. Os ovos de chocolate eram imprescindíveis. Na minha infância, o Natal era a Páscoa.

 
Curiosa com o que me parecia extremamente contraditório – a comemoração máxima dos católicos e sua descrença na igreja – perguntei a ele a razão daquela comemoração.

 
Contou-me o pai que, cuja infância paupérrima eu conhecia, que num domingo de Páscoa, quando tinha 6 ou 7 anos, amanheceram ele a avó com um único pedaço de pão amanhecido e nada mais. O avô já havia morrido – morreu com 21 anos meu avô – e eram apenas os dois. Dividiram o pão, sem ter como complementar a refeição. E desde esse dia ele jurou pra si que quando crescesse, casasse e tivesse filhos, a Páscoa seria sempre uma festa.

 
Eu segui a mesma trilha. O domingo de Páscoa é importante para mim. Não lembro, é verdade, do sentido da ressurreição, mas lembro sempre do pai. E penso quantas crianças passam o dia de hoje como ele o passou há quase cem anos.

 
E, apesar da alegria de fazer o almoço de Páscoa, de lembrá-lo sempre altivo e generoso, o chocolate deixa sempre um gosto doce amargo na boca.
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Adelina Braglia às 16:05

2 comentários

De pilantra a 12.04.2009 às 23:40

Tardia mas amiga: boa páscoa desta ateia.

Beijão!

De Adelina Braglia a 13.04.2009 às 14:08

Obrigada, querida. Ainda que atéia e tardia...rsrsrs...Beijos.

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    Meu pai foi um desses homens procuro por uma foto...

  • Adelina Braglia

    Salve, Cris.Mudamos todos, nós, os blogs, o Juca q...

  • cris moreno

    saudades. estava me lendo no travessia e vi como b...

  • Adelina Braglia

    Amém! Beijo.

  • Marga

    Querida, bom lhe ter de volta aos textos que retra...