Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



foto do autor


calendário

Setembro 2008

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930


Pesquisar

 


Dejà vu.

Terça-feira, 09.09.08
Hoje acordei com a rádio da cabeça tocando...poema. Pois é. Um trecho bailava na memória, assim..." Compreendo sem esforço que o homem fica pensando como querendo chorar..."

  

Fui atrás do poema e lá estava ele, postado aqui, no dia 2 de outubro de 2006, num post chamado Homenagem aos eleitores. Com certeza foi esse o motivo do poema cantar ao amanhecer. O título e o contexto: lá vamos nós para outra eleição.

 

Mudei o título. Repito o poema.
 

 

 

Considerando a frio, imparcialmente,
que o homem é triste, tosse e, sem embargo,
se alegra em seu peito colorido;
que a única coisa que faz é compor-se
de dias;
que é lôbrego mamífero e se penteia...

Considerando
que o homem procede suavemente do trabalho
e ressoa chefe e soa subordinado;
que o diagrama do tempo
é constante diorama em suas medalhas
e, semi-abertos, seus olhos estudaram,
desde distantes tempos,
sua fórmula famélica de massa...

Compreendo sem esforço
que o homem fica, às vezes, pensando,
como querendo chorar,
e, sujeito a estender-se como objeto,
se torna bom carpinteiro, sua, mata
e depois canta, almoça, se abotoa...

Examinando, enfim,
suas contraditórias peças, sua latrina,
seu desespero, ao terminar o dia atroz, apagando-o...

Considerando também
que o homem é na verdade um animal
e, não obstante, ao voltear, me dá com sua tristeza na cabeça...

Compreendendo
que ele sabe que o quero,
que o odeio com afeto e me é, em suma, indiferente...

Considerando seus documentos gerais
e examinando com lentes aquele certificado
que prova que nasceu muito pequenino...

faço-lhe um sinal,
vem,
e lhe dou um abraço, emocionado.
Tanto faz! Emocionado... Emocionado...


 

(Considerando a frio, imparcialmente...

César Vallejo, tradução de Ferreira Gullar)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Adelina Braglia às 07:12

3 comentários

De Pilantra a 11.09.2008 às 21:39

Estamos outra vez com problemas de endereço: seu provedor devolve tudo!
Mail box cheia? Dê lá um jeito nisso antes que eu parta outra vez (sábado)!

Beijo

De Adelina Braglia a 12.09.2008 às 14:51

temendo esta reação - a partida- já resolvi isso prontamente..rsrsrs..
Beijão.

De awor a 12.09.2008 às 20:36

o poema vem a calhar...rsrs
beijo

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    Meu pai foi um desses homens procuro por uma foto...

  • Adelina Braglia

    Salve, Cris.Mudamos todos, nós, os blogs, o Juca q...

  • cris moreno

    saudades. estava me lendo no travessia e vi como b...

  • Adelina Braglia

    Amém! Beijo.

  • Marga

    Querida, bom lhe ter de volta aos textos que retra...