Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



foto do autor


calendário

Julho 2008

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Pesquisar

 


O amor nos tempos....de ódio.

Terça-feira, 01.07.08

 

O amor levado aos extremos.
O pai busca o filho incasavelmente
Ainda que sem a certeza da esperança de vida,
mas certo de que quer tê-lo nos braços,
nem que seja para vê-lo morrer.
A mae que atira sua filha pela janela
 porque não tem “competência” para cuidar dela
 ama a filha no avesso da loucura e da solidão?
Ah! Maldita civilização doente
onde a solidão e a loucura estão tão próximas,
onde o amor e o ódio se confundem tanto,
que, às vezes, não percebemos as diferenças.
 
 
" Mãe é acusada de jogar a filha de oito meses pela janela
 
A polícia de Curitiba acusa a enfermeira Tatiane Damiane, de 41 anos, de ter jogado a filha de oito meses do sexto andar de um prédio de classe média, na região central da cidade, na noite de segunda-feira, 30. Segundo o delegado Antonio Campos de Macedo, em depoimento, a mulher teria dito "queria me livrar do pacote. Sempre fui incompetente para cuidar dela".
 
 
 
Jovem morre nos braços do pai logo após ser resgatado no AM
 
 
O  estudante Jonatan Santos, de 18 anos, morreu nos braços de seu pai no domingo, 29, após ser encontrado em mata fechada na BR-174 (Manaus-Boa Vista), onde havia se perdido. O jovem foi encontrado após 78 dias de desaparecimento, por seu pai, Edilson Santos, e por oficiais do Cchegou a conversar com o pai antes de morrer, segundo relato do coronel Antônio Dias dos Santos, comandante do Corpo de Bombeiros no Estado do Amazonas. (...) 
                        
 As buscas oficiais pelo rapaz já tinham sido suspensas. Mesmo assim, o pai do garoto não havia desistido de encontrar o filho e, por conta própria, continuou a procurar. "É uma história de persistência paterna, muito triste. O Corpo de Bombeiros foi além das 72 horas de buscas, fomos até 14 de maio, pouco mais de um mês depois de 12 de abril (quando o jovem desapareceu). Mas o pai nunca desistiu. O pai, senhor Edilson, estava nas buscas, que eram sempre muito difíceis, em mata fechada", afirmou o coronel.orpo de Bombeiros. "
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Adelina Braglia às 10:17

1 comentário

De Cris Moreno a 12.07.2008 às 16:18



Lindo esse verde! Olhe o meu blog. Acho que está ficando com a minha cara. Os dois. Agora não vou mexer tão cedo. Só nos conteúdos.

Beijos.

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    Meu pai foi um desses homens procuro por uma foto...

  • Adelina Braglia

    Salve, Cris.Mudamos todos, nós, os blogs, o Juca q...

  • cris moreno

    saudades. estava me lendo no travessia e vi como b...

  • Adelina Braglia

    Amém! Beijo.

  • Marga

    Querida, bom lhe ter de volta aos textos que retra...