Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



foto do autor


calendário

Dezembro 2007

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031


Pesquisar

 


Homenagem à irresponsabilidade.

Quarta-feira, 12.12.07

 

Mercedes Sosa

 

Escribo sobre un destino

Que a penas puedo tocar

En tanto un niño se inventa

Con pegamento un hogar

Mientras busco las palabras

Para hacer esta canción

Un niño esquiva las balas

Que buscan su corazón

Acurrucado en mí calle

Duerme un niño y la piedad

Arma lejos un pesebre Y juega a la navidad

Y juega a la navidad

Y juega, y juega y juega

La niñez de nuestro olvido

Pide limosna en un bar

Y lava tu parabrisas

Por un peso, por un pan

Si las flores del futuro

Crecen con tanto dolor

Seguramente mañana

Será un mañana sin sol

 

 

Para a Governadora do Pará, esta homenagem à leviandade e à irresponsabilidade política e pessoal, depois de  visitar a família da menina de Abaetetuba e deixar-se fotografar,  no local onde a família está sob proteção federal e que pode ser reconhecido pelas fotos, conforme denuncia o CEDECA.

 

"Visita da Governadora Ana Julia colocou em risco família de menina presa com homens, diz entidade
 
Publicidade
KÁTIA BRASIL
da Agência Folha
 
O Cedeca (Centro de Defesa da Criança e do Adolescente) Emaús, instituição que integra o conselho deliberativo do Provita (Programa Federal de Assistência a Vítimas e a Testemunhas Ameaçadas), afirmou nesta quarta-feira que a governadora do Pará, Ana Júlia Carepa (PT), colocou em risco a família da menina que ficou presa com homens em Abaetetuba, ao visitá-la em endereço sigiloso do programa estadual de segurança e depois divulgar fotos do encontro no site do governo.
 
A visita foi nesta segunda-feira (3). Fotos da mãe da garota de 15 anos, ao lado da governadora e da secretária da Justiça e Direitos Humanos, Socorro Gomes, foram divulgadas no site junto com reportagem sobre o encontro. Por meio de sua assessoria, Ana Júlia informou que visitou a família para tranqüilizá-la. E negou tê-la colocado em risco.
 
A mãe da garota --uma empregada doméstica de 44 anos--, o marido, três filhos, um tio da menina e uma neta da mãe entraram no programa de segurança da Secretaria da Justiça e Direitos Humanos paraense em 28 de novembro, após receberem ameaças por telefone. Carros também rondaram a casa da família em Barcarena (PA).
 
Nas fotos distribuídas à imprensa aparecem três irmãos da garota com os rostos encobertos por efeitos de computador. O local do encontro foi reconhecido por membros do Cedeca. "A governadora expôs a família. Se é um local sigiloso para resguardar a integridade física, não é para fazer marketing político", disse o advogado da entidade Bruno Medeiros."
 
Publicado pela Folha On Line - 04/ 12/ 2007

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Adelina Braglia às 14:16

1 comentário

De Cleide a 12.12.2007 às 21:53

Bia que bom voce não ter idade para entender o mundo adulto! Por uma propaganda politica e uma vaidade pessoal a governadora Ana Julia poe em risco a vida de pessoas. Eita Brasilzão.. autoridades não dão a mínima importãncia para a vida de seus cidadãos.
Beijos a sua avó

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    Meu pai foi um desses homens procuro por uma foto...

  • Adelina Braglia

    Salve, Cris.Mudamos todos, nós, os blogs, o Juca q...

  • cris moreno

    saudades. estava me lendo no travessia e vi como b...

  • Adelina Braglia

    Amém! Beijo.

  • Marga

    Querida, bom lhe ter de volta aos textos que retra...