Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2007

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930


Pesquisar

 


Ei, Mano...

Sexta-feira, 06.04.07

 

... nem tudo está perdido!

Lá vem eles!!!

 

 

 

 

 

 

 

Alice Cooper rides again!!!

(Foto: Agenciaestado)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Adelina Braglia às 23:20

2 comentários

De Borboleta de sonho a 07.04.2007 às 01:26

Adoro essa música:

I never Cry
Alice Cooper

If there is a tear on my face
It makes me shiver ‘not the bones
It shakes me, Babe
It's just a heartache that got in my eye
And you know: I never cry, I never cry…

Sometimes I drink more than I need
Until the TV's dead and gone
I may be lonely
But I'm never alone
And the night may pass me by,
But I never cry

Take away, take away my eyes
Sometimes I'd rather be blind…
Break a heart, break a heart of stone
Open it up but don't you leave it alone

'Cause that's all I got to give to you
Believe me Babe, ain’t it been used
My heart's a virgin, ain’t never been tried
And you know I never cry
And you know I never cry
And you know, And you know, And you know
Never cry, I never cry

Break a heart, break a heart of stone
Open it up but don't you leave it alone
'Cause that's all I got to give to you
Believe me Babe, ain't it been used
My heart's a virgin, its never been tried
And you know: I never cry!
I never cry!
........

Se tem uma lágrima no meu rosto
Isso me arrepia até os ossos
Isso me faz tremer, querida
É apenas um cisco que caiu no meu olho
E você sabe: eu nunca choro, eu nunca choro...

Algumas vezes eu bebo mais do que preciso
Até a TV sair do ar
Eu posso ser solitário
Mas eu nunca estou sozinho
E a noite pode passar por mim,
Mas eu nunca choro

Arranque fora, arranque os meus olhos
Às vezes eu gostaria de ser cego...
Quebre um coração, quebre um coração de pedra
Abra-o, mas não o deixe solitário

Porque ele é a única coisa que tenho pra te dar
Acredite em mim, querida, ele nunca foi usado
Meu coração é virgem, e nunca foi tentado
E você sabe: eu nunca choro
E você sabe: eu nunca choro
E você sabe, e você sabe, e você sabe...
Eu nunca choro, eu nunca choro!

Quebre um coração, quebre um coração de pedra
Abra-o, mas não o deixe solitário
Porque ele é a única coisa que tenho pra te dar
Acredite em mim, querida, ele nunca foi usado
Meu coração é virgem, e nunca foi tentado
E você sabe: eu nunca choro!
Eu nunca choro!



De Adelina Braglia a 07.04.2007 às 13:19

Gosto muito desta música. Mas, na mesma época (76 ou 78, por aí) eu assobiava permanentemente "Go to hell"...rsrsrs...
"...for all of the decent citizens you've enraged
You can go to Hell..."
Abraço.

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    Meu pai foi um desses homens procuro por uma foto...

  • Adelina Braglia

    Salve, Cris.Mudamos todos, nós, os blogs, o Juca q...

  • cris moreno

    saudades. estava me lendo no travessia e vi como b...

  • Adelina Braglia

    Amém! Beijo.

  • Marga

    Querida, bom lhe ter de volta aos textos que retra...