Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



foto do autor


calendário

Agosto 2006

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Pesquisar

 


Desfazendo o tempo.

Quinta-feira, 31.08.06

Tento hoje não deixar as horas escorrerem entre os dedos,

mas a presunção de ser e de fazer me cega.

Cobram-me. Todos.

Mas quem me cobra mais e mais, até a exaustão,

é o rosto cansado que vejo no espelho,

velho conhecido de tantas travessias,

mas que sorria antes,

mesmo que a margem não estivesse à vista,

e que  não tinha medo de se afogar.

O que me cobra o tempo que me desfaz

é eu não saber fazer o tempo

de amar,

de ser quem eu não sei mais,

de abraçar sem pressa.

O comprimido volta a minha bolsa.

Penso, com ele, que vou encontrar o que não posso ou que não quero.

Pondero-me com o Pondera!

Feia rima. Tola solução.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Adelina Braglia às 20:26

2 comentários

De sotavento a 01.09.2006 às 01:37

Trago-te um sorriso, sem ser comprimido!... :)

De Bia a 01.09.2006 às 11:02

Certamente, o efeito do sorriso, diferente do Pondera, é previsível: terei um bom dia! Beijo :))

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    Meu pai foi um desses homens procuro por uma foto...

  • Adelina Braglia

    Salve, Cris.Mudamos todos, nós, os blogs, o Juca q...

  • cris moreno

    saudades. estava me lendo no travessia e vi como b...

  • Adelina Braglia

    Amém! Beijo.

  • Marga

    Querida, bom lhe ter de volta aos textos que retra...